Você sabia que em agosto é celebrado o dia do feirante?

Conheça a história das feiras livres e as transformações sofridas pelo comércio popular

Caldo de cana, pastel, frutas, verduras e outros produtos se tornaram símbolos das mais diversas feiras livres que acontecem pelo Brasil e em 25 de agosto é comemorado o dia do feirante.

Para os que desconhecem, a data celebra a primeira feira livre que aconteceu no país em 1914, no Largo General Osório, em São Paulo. E não somente no que diz respeito ao espaço ou produtos vendidos, a comemoração também se refere à importância dos profissionais feirantes, estes que são peças chaves para que o comércio popular semanal seja possível.

É importante lembrar, que com o passar dos anos as feiras livres ganharam novas formas e públicos. Além dos tradicionais produtos, hoje os espaços contam com inúmeras opções, que se baseiam tanto em tendências de mercado, quanto na opinião de quem os frequenta.

E se as feiras passaram por tais transformações, é válido dizer que elas também sofreram migrações?
A resposta é sim. É comum encontramos características deste comércio nos mais diversos tipos de negócios.
O Mercadão de Vila Formosa, por exemplo, conta com uma variedade de opções que estão divididas por seus 37 boxes.

Da peixaria à opções de frutas e legumes, estas são algumas das marcas das feiras livres presentes em mercados do mesmo ramo.

Para você que se interessou e deseja saber mais sobre o Mercadão, o espaço fica localizado na Praça das Canárias – s/n° – CEP 03359-120 – Vila Formosa – SP. O horário de funcionamento de 3ª a sábado é das 8h às 19h. Já aos domingos e feriados das 8h às 13h.

Por: Leandro Luz. Foto: Prefeitura de Rio Claro.

You must be logged in to post a comment.